5 Comentários

Novo comercial da Volks revoltou protetores de animais

O novo comercial da Volkswagen do Brasil intitulado “Superstição” causou revolta dos protetores de animais.

VOLKS_supersticao

A marca acabou de se pronunciar em sua página oficial no Facebook dizendo que “em respeito às manifestações o comercial será retirado do ar nesta quarta-feira (dia 06 de fevereiro)”.

Muito bem, Volks!
Foi um comercial de PÉSSIMO GOSTO e para os publicitários de plantão, que trabalham em agências, aprendam com o erro alheio, afinal, o público não é burro!

 

Anúncios

5 comentários em “Novo comercial da Volks revoltou protetores de animais

  1. Por que péssimo gosto ?
    Quando vi o comercial adorei. Muito criativo com uma ótima sacada. Nunca passou pela minha cabeça maus tratos com os animais. Até parece que um comercial de 30 segundos vai fazer várias pessoas maltratar os gatinhos pretos. Daqui uns dias não vão poder usar mais especie alguma de animal pq vai ferir os atoas da internet de plantão.
    Esse pessoal do facebook é muito sem trabalho, ficam inventando essa palhaçada, ao invés de se preocuparem com coisas verdadeiras, políticos corruptos entrando em cargos importantes no planalto, cobrar os governantes sobre uma solução sobre aumento da criminalidade, um país quem nem tem condições para ter uma copa do Mundo, está aí gastando horrores com estádios superfaturados sendo que nem médico nos hospitais pra tratar da saúde da população possui …
    Agora perdem tempo com um comercial de tv porque aparece um gato preto representando azar ? Vão pra rua fazer protestos de verdade, não essa palhaçada de protesto de facebook.
    O povo tem o que merece mesmo, por isso que brasileiro tem que sofrer. O público e burro sim.

    • Olá, Robert!
      Obrigada por comentar e por expor sua opinião.
      Concordo em partes e também discordo de algumas coisas.

      Concordo que quanto mais união entre as massas para interferir em assuntos como política, educação e saúde se faz necessária e pode ter certeza que existem muitos grupos que se movimentam periodicamente para conquistar melhores resultados nesses setores. A propósito, você participa de algum movimento? Qual?

      Vi hoje um vídeo de manisfesto contra o aumento da gasolina (link do vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=ti-zCN16Sn0), esse grupo se formou através do Facebook, veja só, talvez sejam as mesmas pessoas que você denominou como “pessoas que perdem tempo no facebook”, afinal, se preocupar com maus-tratos a animais é algo irrelevante para você, mas a Volks não concorda com isso, tanto é que assumiu que a peça não agradou grande parte de seu público e em respeito à ele, retirou o comercial do ar.

      Então pense que independente da causa, a importância de cada manifesto sempre irá depender do ponto de vista de quem está vendo. Isso significa que, se você não está nem aí para os maus-tratos a animais ou do uso da imagem de um pobre gato preto sendo visto como “exemplo de azar”, lembre que esse é o SEU ponto de vista, não significa que seja uma verdade absoluta ou que as outras pessoas estejam agindo de forma errada, elas estão apenas defendendo o que acreditam, talvez isso não lhe agrade, talvez muitas dessas pessoas também se manisfestem acerca de assuntos que você se interessa, mas como vamos saber, não é mesmo?! O que não podemos é julgá-los por lutarem contra o preconceito a gatos pretos.

      Quando falei “péssimo gosto” me referia a peça como um todo.
      Vamos analisar a peça juntos?
      – Colocaram um homem utilizando de vários “apetrechos” para realizar uma simples baliza.
      – Queriam mostrar a facilidade do sensor de estacionamento que o veículo oferece, mas no vídeo apareceu uma vaga nitidamente ENORME. (Consigo estacionar em vagas menores e sem a ajuda de sensor).
      – Por fim, juntaram tudo isso com preconceito ao gato preto.

      Me desculpe, o resultado foi um COMERCIAL DESASTROSO ou como disse anteriormente, DE PÉSSIMO GOSTO!

      Para finalizar, discordo que o público é burro, algumas pessoas até podem ser inocentes, do tipo que são facilmente manipuladas por algumas propagandas, onde não enxergam o preconceito em um comercial como este, apenas veem a comédia, o engraçado, sem se dar conta do que está inserido no contexto.

    • Olá Fran.
      Tambem concordo em partes e outras não.

      Talvez tenha sido infeliz em generalizar todos do facebook e o público em geral (apenas euforia, mas existem as exceções sempre), Claro que existes os protesto irrelevantes e os que realmente servem para alguma mudança (da gasolina por exemplo entre outros).

      Acompanho o Grennpeace, e ajudo na assinatura de petições e leis propostas do WWF e PETA (People for the Ethical Treatment of Animals). Amo os animais e qualquer forma de vida. Mas achei um radicalismo extremo lutar para tirar um comercial do ar (aí entra os atuais ativistas?? de redes sociais de internet), sendo que a intensão (infeliz para alguns) dos criativos seria apenas utilizar a má sorte com gatos pretos. Não houve mal trato, não houve violência e nada, apenas usaram uma antiga superstição popular. E aposto que a maioria das pessoas não enxergaram de forma alguma isso como mal trato aos gatos pretos (maioria desconectada da rede, sendo que a moda é um começar na rede e por modismo se alastrar).

      A culpa não foi da Volks, sendo que a agência que criou a peça nunca imaginaria que o jargão (popular e muito antigo) do azar com gato preto, iria criar tanta polêmica entre alguns, e uma onda de chacina dos gatos pretos iria acontecer em todo país. Foi na verdade azar. (nem o CONAR – Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária vetou a propaganda). O Comercial da Amanco que esta sendo veiculado aparece o Fred Flintstones apertando um sapo. Pronto, será que temos outro motivo para defender os sapos de todo país? Eles estão sendo apertados!

      Não quero ter a verdade absoluta, tudo aqui é apenas um ponto de vista, como você possui o seu tb. Mas acho essa “luta” contra os gatos pretos sem fundamentos (ponto de vista). Pessoas que maltratam os animais sempre existiram e sempre irão existir, independente de propaganda e nivel cultural. Não consigo acreditar que mesmo uma criança vendo um comercial desses iria começar a maltratar os gatinhos pretos porque ele pulou em um capô de um carro e dá azar.

      Mas tudo é apenas um ponto de vista. Existem pessoas que pegam um grão de arroz e criam um monstro, e outras que apenas enxergam um grão de arroz. Isto é o ser humano. Existem outras formas de ajudar os gatinhos pretos e os outros animais.

    • Olá Fran.
      Também concordo em partes e outras não.

      Talvez tenha sido infeliz em generalizar todos do facebook e o público em geral (apenas euforia, mas existem as exceções sempre), Claro que existes os protesto irrelevantes e os que realmente servem para alguma mudança (da gasolina por exemplo entre outros).

      Acompanho o Greenpeace, e ajudo na assinatura de petições e leis propostas do WWF e PETA (People for the Ethical Treatment of Animals). Amo os animais e qualquer forma de vida. Mas achei um radicalismo extremo lutar para tirar um comercial do ar (aí entra os atuais ativistas de redes sociais de internet), sendo que a intenção (infeliz para alguns) dos criativos seria apenas utilizar a má sorte com gatos pretos. Não houve mal trato, não houve violência e nada, apenas usaram uma antiga superstição popular. E aposto que a maioria das pessoas não enxergaram de forma alguma isso como mal trato aos gatos pretos (maioria desconectada da rede, sendo que a moda é um começar na rede e por modismo se alastrar).

      A culpa não foi da Volks, sendo que a agência que criou a peça nunca imaginaria que o jargão (popular e muito antigo) do azar com gato preto, iria criar tanta polêmica entre alguns, e uma onda de chacina dos gatos pretos iria acontecer em todo país. Foi na verdade azar. (nem o CONAR – Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária vetou a propaganda). O Comercial da Amanco que esta sendo veiculado aparece o Fred Flintstones apertando um sapo. Pronto, será que temos outro motivo para defender os sapos de todo país? Eles estão sendo apertados!

      Não quero ter a verdade absoluta, tudo aqui é apenas um ponto de vista, como você possui o seu tb. Mas acho essa “luta” pelos gatos pretos sem fundamento (ponto de vista). Pessoas que maltratam os animais sempre existiram e sempre irão existir, independente de propaganda e nível cultural. Não consigo acreditar que mesmo uma criança vendo um comercial desses iria começar a maltratar os gatinhos pretos porque ele pulou em um capô de um carro e dá azar.

      Mas tudo é apenas um ponto de vista. Existem pessoas que pegam um grão de arroz e criam um monstro, e outras que apenas enxergam um grão de arroz. Isto é o ser humano. Existem outras formas de ajudar os gatinhos pretos e os outros animais.

    • Excelente discussão, Robert!!
      Agora sim, entendi perfeitamente o seu ponto de vista.
      Eu tinha visto apenas a generalização e um certo preconceito rsrs.

      Mas te digo uma coisa, o CONAR não vetou porque a marca se posicionou antes.
      Tudo aconteceu muito rápido. Alguns de meus amigos não viram o filme no Tv.

      A defesa dos gatos pretos acontece faz tempo. Assim como da raça de cachorro pit bull.
      Os movimentos lutam para acabar com o “preconceito cultural” que existe contra esses animais e tantos outros.
      Enfim, eu acho digno qualquer ação que defenda o animal.

      Sobre o caso da Amanco, confesso que não vi o filme, não tenho condições de opinar.
      Vou pesquisar para saber e entender a história/contexto e volto a comentar aqui.

      Obrigada por interagir!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: